THE ACADEMY

GRACIE INSIDER GRÁTIS

Aprenda as Técnicas Gracie. Aprenda a Dieta Gracie. Aprenda o Método Gracie. Digite seu e-mail abaixo para ter acesso instantâneo à revista eletrônica mensal oficial da Família Gracie.

  • Rorion Gracie
  • Rorion Gracie

RORION GRACIE

Rorion, filho mais velho de Helio Gracie, colocou um quimono antes mesmo de aprender a andar. Aos dois anos, já fazia demonstrações em público junto com o pai. Ainda bem jovem, assimilou os fundamentos do Gracie Jiu-Jitsu e aprendeu a ensinar sob a supervisão do pai. Rorion é o responsável pela enorme explosão do Jiu-Jítsu Brasileiro em todo o mundo.

Em dezembro de 1969, Rorion viajou de férias aos Estados Unidos por três meses. Depois de visitar parentes em Nova York e Washington D.C., seguiu para a Califórnia, hospedando-se na Associação Cristã de Moços (YMCA), em Hollywood. Rorion guardou sua passagem de volta junto com algum dinheiro no cofre da YMCA. Algumas semanas depois, na véspera de voltar ao Brasil, descobriu que um recepcionista havia roubado seu dinheiro e sua passagem. Não querendo alarmar os pais, Rorion disse-lhes que decidira prolongar sua estada na Califórnia. Por meio de um amigo, conseguiu emprego numa lanchonete, em San Fernando Valley, a noroeste de Los Angeles. Poucos dias depois, mudou-se para a casa da família de um colega de trabalho. Após seis meses, Rorion sentiu-se entediado e ansioso por voltar ao Brasil. Antes de partir, resolveu visitar o Havaí por recomendação de um amigo.

Rorion desfrutou bem sua permanência no Havaí ... até o dinheiro acabar. Certa vez, totalmente sem dinheiro, chegou a mendigar e dormir sobre jornais na rua. Finalmente, encontrou trabalho e, no final de 1970, retornou ao Brasil.

Em 1972, regressou aos Estados Unidos para o verão, retornando em seguida ao Brasil a fim de cursar a Universidade Federal do Rio de Janeiro por 5 anos, formando-se em Direito. Foi nesse momento que Rorion tomou a decisão mais importante de sua vida: mudar-se para os Estados Unidos definitivamente.

Em 1978, com apenas 2.000 dólares no bolso e o sonho de tornar o Gracie Jiu-Jitsu conhecido no mundo inteiro, Rorion foi morar no sul da Califórnia. Trabalhou nessa época como figurante no cinema e na televisão. Ao mesmo tempo, colocou alguns tatames em sua garagem e passou a convidar as pessoas que encontrava para uma aula introdutória gratuita de jiu-jítsu. Cada vez que um aluno recomendava um amigo, ganhava outra aula grátis. A notícia espalhou-se rapidamente e, em poucos anos, ele tinha mais alunos do que lhe era possível atender sozinho. Foi nessa ocasião, em 1985, que convidou seu irmão Royce, de 18 anos, a mudar-se para os Estados Unidos.

Certo dia, num set de filmagem, Rorion conheceu o diretor Richard Donner e, após uma demonstração, foi convidado a coreografar as cenas de luta para Mel Gibson e Rene Russo, em “Máquina Mortífera” 1 e 3 (Lethal Weapon 1 and 3). A revista Playboy e as maiores publicações de artes marciais no mundo ajudaram a divulgar sua fama com artigos que retratavam Rorion e seu sistema brasileiro único de autodefesa.

Em 1988, Rorion produziu o documentário Gracie Jiu Jitsu in Action™, que mostrava cenas de lutas reais entre membros da família Gracie e seus alunos contra peritos de várias artes marciais. Esse vídeo altamente polêmico chocou a todos os que o assistiram e ganhou rapidamente popularidade internacional. Praticantes de artes marciais de destaque nos Estados Unidos afluiram à Torrance, Califórnia, querendo aprender o que os irmãos Gracie ensinavam.

Em 1989, Rorion e Royce tinham120 alunos por semana em sua garagem, e 80 pessoas na lista de espera. Tendo claramente ultrapassado o limite de espaço da garagem, decidiram abrir o que se tornaria a sede mundial do Gracie Jiu-Jitsu.

Em 1993, quatro anos depois de estabelecer a Gracie Jiu Jitsu Academy nos Estados Unidos, Rorion percebeu que o melhor meio de popularizar o Gracie Jiu-Jitsu seria através da televisão. Isso o inspirou a produzir o Ultimate Fighting Championship® (UFC). Por meio desse espetáculo de pay-per-view, ele esperava mostrar que, num combate “sem limite de tempo – sem regras", o Gracie Jiu-Jitsu era o único sistema de autodefesa que daria à pessoa a chance realista de derrotar um adversário maior e mais forte. Ele convocou sete dos mais conceituados praticantes de artes marciais no mundo para participarem de um torneio de eliminação direta juntamente com seu irmão Royce. Apesar de ter menos peso que todos os outros lutadores do torneio, Royce chocou o mundo quando derrotou todos os adversários usando apenas as técnicas básicas do Gracie Jiu-Jitsu, sagrando-se o primeiríssimo campeão do UFC. O mundo das artes marciais nunca mais seria o mesmo.

Entre os que ficaram admirados com a simplicidade e a eficácia das técnicas do Gracie Jiu-Jitsu, estava um pequeno grupo de oficiais de alto nível da primeira unidade de elite das forças armadas americanas. Em 1994, esses militares entraram em contato com Rorion e lhe pediram que desenvolvesse um curso objetivo de combate corpo a corpo, baseado nas técnicas mais eficazes do Gracie Jiu-Jitsu. O resultado foi o Gracie Combatives. Originalmente, essas técnicas foram ensinadas exclusivamente aos membros dessa unidade tática de elite; posteriormente, os Rangers do exército americano, e outras unidades militares, rapidamente adotaram as técnicas ministradas nesse curso. Em 2003, a adoção do Gracie Jiu-Jitsu pelo exército americano tornou-se oficial, quando eles reeditaram seu manual de combate corpo a corpo de modo a incluir todas as técnicas que lhes foram ensinadas por Rorion Gracie.

Rorion produziu vídeos documentários e educacionais, como também o primeiro CD-ROM educativo interativo: o Gracie Total Defense. Seu programa especial, o Gracie Combatives®, tem sido ensinado às principais agências federais encarregadas de aplicar a lei, organizações militares, e também a muitos departamentos de polícia municipais e estaduais. Em 1995, ele desenvolveu o Women Empowered®, um curso especializado, baseado nas doze técnicas que uma mulher pode usar para se defender de um ataque sexual. Em seguida, veio o G.A.R.D. (Gracie Air Rage Defense), planejado para ensinar comissários de bordo a controlar passageiros indisciplinados no interior de uma aeronave.

Rorion, que reside no sul da Califórnia com sua esposa Silvia, empenha-se em assegurar a continuação da tradição familiar para futuras gerações. A qualquer dia e hora, é possível encontrá-lo na Gracie Academy, com alguns de seus 10 filhos, ensinando, treinando e perpetuando o legado de sua família.